Núcleo Feminino da Cooabriel debate temas em café, diversificação e preservação de nascentes

28/06/2017

O Dia de Campo, realizado nesta terça (21/06), na área da Fazenda Experimental da Cooabriel, com participação de 29 integrantes do Núcleo Feminino da Cooabriel, vem reforçar a importância deste modelo didático, para orientação e crescimento do conhecimento de temas rurais, e ainda, validar o grande papel da participação das mulheres dentro de todo processo produtivo do café.

“Elas mostram que não estão a passeio, mas querem aprender e buscar entender o porquê das coisas” – avaliou a coordenadora, Nadya Bronelle, que organizou o evento, com base no plano de trabalho do núcleo para 2017.

Além dos aspectos gerais do projeto da Fazenda, o núcleo conheceu a área de plantio das matrizes de café conilon, que compreende à primeira etapa do projeto da Fazenda, implantado em 2016. As mulheres percorreram algumas áreas do jardim das novas matrizes, acompanhando as explicações do gerente da unidade, o técnico, Alison Scalfoni, que conduziu o grupo, apresentando as etapas de implantação.

“Muito interessante a participação das mulheres do núcleo, que se mostram realmente envolvidas com a atividade no campo. O interesse delas a respeito dos melhores clones, a preocupação tanto na escolha, quanto na condução dos materiais genéticos, além do manejo adequado, foi muito interessante e mostram que elas entendem do processo” – avaliou Alison.

Dois outros temas importantes foram debatidos. Preservação de nascentes e diversificação de culturas. Nestes, o técnico e as mulheres, falaram sobre a questão do manejo de irrigação nas lavouras, recordando a questão da grande seca da região em 2016 e as lições disto. “Planejamento da atividade de acordo com potencial hídrico da propriedade, conservação e preservação das nascentes, inclusive, com a construção de caixas secas, técnica simples que evita o assoreamento, retém água das chuvas e conserva o solo” – falou Alison, que também explicou sobre o projeto de diversificação de culturas e manejos. “As variedades de culturas a serem implantadas na fazenda estão em estudo” – destacou.

Assim como várias integrantes, que atuam diretamente em todo trabalho na lavoura, desde o plantio, Rosana Herzog Los, disse que ficou impressionada com o andamento do projeto da fazenda. “Foi muito bom, conhecer e aprender. O Alison explicou tudo muito bem. E apesar do pouco tempo da visita, foi possível ver parte da fazenda. E digo que fiquei impressionada com o que já está feito. Muita dedicação na condução, capricho e cuidados. A Cooabriel está de Parabéns. O local é maravilhoso, bem localizado e um espaço importante para a gente aprender. Adorei.” – destacou.

Fonte: Safraes