Exportação de carne bovina brasileira sobe 20% até julho com impulso da China

09/08/2019

Segundo associação, setor teve em julho o melhor desempenho mensal do ano.

As exportações de carne bovina do Brasil cresceram 20,1% de janeiro a julho na comparação com o mesmo período do ano passado, impulsionadas por uma demanda maior da China, informou nesta terça-feira (6), a Abiec, a associação que representa o setor.

Foram negociadas 982 mil toneladas da proteína em 2019. No mesmo período, as receitas com as exportações somaram US$ 3,73 bilhões, crescimento de 11,6%.

Segundo a associação das exportadoras, os volumes de vendas à China avançaram 10,9%, chegando a quase 175 mil toneladas nos primeiros sete meses de 2019.

"Os resultados são positivos e vão de encontro com as projeções de crescimento nas exportações brasileiras, feitas no início do ano", disse o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli, em nota.

A China, atingida pela peste suína africana, está lidando com uma menor oferta de carne de porco, o que tem impulsionado a importação de mais cortes de várias proteínas.

A Abiec destacou que julho registrou o melhor desempenho mensal das exportações de carne bovina no ano.

Os embarques do mês passado fecharam em 155,65 mil toneladas, alta de 15,9% em relação ao resultado do mês de junho. Em receita, o aumento foi de 19,1%, somando US$ 615,15 milhões.

Fonte: G1