Vencedora do III Concurso da Qualidade de Amêndoas do Cacau é assistida pelo ATeG

23/08/2019

Caroline Burnier Pacheco venceu o concurso de qualidade de amêndoas de cacau capixaba e recebe Assistência Técnica e Gerencial do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar-ES). Depois de muitas horas de trabalho, o júri formado por quatro profissionais treinados em análise sensorial, decretou que a amostra entregue por Caroline é a melhor amêndoa de cacau do estado. Foram 50 amostras enviadas ao concurso, concorrentes de Linhares e outras regiões do Estado, e o júri selecionou 14 delas como finalistas.

Depois de fazer a análise das amostras, e de cada jurado dar notas individuais para cada uma delas, foi calculado a média de cada concorrente, e a maior nota foi dada para a amostra do cacau produzido por Caroline, que além de receber o status de produtor da melhor amêndoa de cacau do estado, levou também o prêmio de R$3.000,00 pra casa.

Embora exista a premiação em dinheiro, o principal objetivo do concurso é de incentivar os produtores a investir na qualidade da produção do cacau.

Fonte: Giro Linhares