Treinamento sobre benefícios da poda e desbrota para o Café Conilon é aplicado a produtores de Itapemirim

26/09/2019

Para atender à demanda das comunidades cafeicultoras de Itapemirim, o município, por meio da Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural, juntamente com o Instituto Capixaba de Pesquisa (INCAPER), Sindicato Rural de Itapemirim (CRI) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-ES), reuniu nos dias 19 e 20, quinta e sexta-feira, 15 agricultores para participarem do curso sobre poda e desbrota do café Conilon, na comunidade do Frade.

No primeiro dia, o grupo teve aulas teóricas na Escola Norma Vicente na Safra, já no segundo, aconteceram atividades práticas nas propriedades dos participantes da região. Os encontros foram realizados de 8 às 17 horas e ministrados por um técnico do Senar, que abordou temas como os tipos mais indicados de poda para as lavouras da região, além da necessidade e vantagens dessa técnica.

O secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Itapemirim, Luciano Henriques, enfatizou quanto a importância em fomentar a cultura cafeeira no Município, o que gera emprego, renda e consequentemente arrecadação tributária.

“O processo de poda e desbrota resulta em ganhos significativos na produtividade, já que elimina os galhos improdutivos, que roubam o adubo da planta e influenciam negativamente no seu desenvolvimento. A técnica, inclusive, também facilita o manejo da lavoura”, diz Luciano.

Além das aulas teóricas, o instrutor do Senar, João Marcos, também ensinou na lavoura como realizar a poda de maneira correta. De acordo com ele, a poda é uma técnica fundamental para o sucesso da cafeicultura e, consequentemente, dos cafeicultores, aumentando a produtividade e lucro dos mesmos.

O instrutor do Senar explica a diferença entre as técnicas, por isso é importante este curso. Nesta técnica a poda elimina os galhos velhos, já na desbrota, o agricultor retira as brotações indesejáveis, consideradas excessos. Ambas são responsáveis por revigorar as lavouras e aumentar a produtividade. Ele ainda destaca, que outro curso já está agendado para os dias 25 e 26 de setembro, respectivamente quarta e quinta-feira. “São cursos rápidos, específicos e para um grupo bastante reduzido, para que eles assimilem com facilidade todas as técnicas ensinadas.

A Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Itapemirim informa que a participação dos inscritos nestes treinamentos foram muito satisfatórios, e acreditam que as novas edições do curso serão ainda melhores. Os agricultores interessados em participar deste curso, poderão estar procurando a Secretaria Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural de Itapemirim, para se inscreverem, pois haverá possibilidades de surgimento de novas turmas. A secretaria fica localizado na Rua Ivan Ferreira Muqui, s/n, bairro Serra Mar, centro, próximo ao prédio da Câmara de Vereadores, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Fonte: Portal Maratimba