Embarque do primeiro contêiner de café conilon com indicações Geográfica (IG) e de Procedência (IP) do Estado aconteceu no último dia 6 com destino à Itália

A Cooperativa Agropecuária Centro Serrana (Coopeavi) realizou, no último dia 6, o embarque do primeiro contêiner de café conilon com indicações Geográfica (IG) e de Procedência (IP) do Espírito Santo. Ao todo foram exportadas para a Itália 19,2 toneladas de grãos com 80 pontos. A iniciativa visa proteger o conilon especial, confirmando a respectiva qualidade e origem, e contempla os cafés produzidos em todo o território capixaba.

A Coopeavi é uma das quatro cooperativas que constituem a Federação dos Cafés do Espírito Santo (Fecafés), fundada em julho de 2019 com apoio da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB-ES) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-ES) para gerir o selo de Indicação Geográfica.

Para o gerente executivo de Café da Coopeavi, Giliarde Cardoso, a rastreabilidade do conilon capixaba é a maior vantagem em torno do projeto. "Com o selo, conseguimos garantir para o cliente toda uma relação de qualidade e rastreabilidade do produto. Pretendemos, com a IG, avançar cada vez mais numa visão do mercado internacional sobre a qualidade do conilon capixaba, dar visibilidade para o produto e evidenciar a forma profissional como ele é trabalhado no Estado", destaca.

Na operação de estreia com a Indicação Geográfica, a Coopeavi encaminhou 640 sacas de 30 kg cada para um importador italiano.

A comercialização dos cafés dos cooperados no mercado internacional é uma das atividades da Coopeavi. Em 2021, a cooperativa alcançou a marca de mais de meio milhão de sacas comercializadas. Deste volume, mais de 27 mil foram exportadas para dez países.


Fonte: A Gazeta

20/06/2022

Compartilhe nas Mídias Sociais

Fale Conosco
(27) 3185-9226
Av. Nossa Senhora da Penha, 1495, Torre A, 11° andar.
Santa Lúcia, Vitória-ES
CEP: 29056-243
CNPJ: 04.297.257/0001-08